Mais de três milhões de brasileiros estão na fila do desemprego há mais de 2 anos

Cerca de três em cada dez desempregados no Brasil estão em busca de uma recolocação no mercado de trabalho há mais de dois anos.

É o que apontam os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o levantamento o chamado desemprego de longa duração, com espera superior a 2 anos, atingia 3,463 milhões, o que corresponde a cerca de 29% do total de desempregados.

O levantamento, realizado por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) é referente ao primeiro trimestre de 2022, quando o país registrava um contingente de mais de 11,9 milhões de desempregados.

Só é considerado desempregado aquele trabalhador que não está ocupado no mercado de trabalho, tem disponibilidade para trabalhar e está, efetivamente, em busca de uma vaga.

De acordo com o IBGE, a maior parte dos desempregados no país estava em busca de nova oportunidade de trabalho há mais de um mês, mas a menos de um ano.