Nova vacina da covid-19 será testada no Brasil com apoio de laboratório

O laboratório Dasa, em parceria com a companhia americana Covaxx, farão os testes clínicos da vacina em voluntários brasileiros.

Vacina: Dasa anunciou união com farmacêutica XX para desenvolver vacina no Brasil (Dado Ruvic/Reuters).

O laboratório brasileiro Dasa anunciou nesta quarta-feira, 9, uma parceria com a empresa americana Covaxx para o desenvolvimento de uma vacina contra o novo coronavírus. Segundo o laboratório, a parceria permitirá que a nova proteção seja testada nas fases 2/3 no Brasil até o final deste ano.

De acordo com Peter Diamandis, cofundador e vice-presidente da Covaxx, a vacina foi capaz de criar anticorpos neutralizantes robustos em testes pré-clínicos realizados com diferentes espécies de animais. “Enquanto o Brasil passa dos 4 milhões de casos, ter uma vacina eficaz é mais importante do que nunca”, afirmou Diamandis em uma coletiva de imprensa da qual EXAME participou. Diamandis também afirmou que a produção poderá ser feita em “larga escala” e que a distribuição acontecerá “no Brasil e no mundo”.

Os resultados, segundo a Covaxx, já foram apresentados em congressos e um manuscrito está sendo preparado para a publicação em revistas científicas.

A vacina candidata da Covaxx em parceria com a Dasa é baseada em peptídeos, que são cadeias pequenas de aminoácidos sintetizadas em laboratório, ou seja, não contém partículas do vírus. “Estamos muito confiantes nessa vacina e ela é feita para ser segura também em humanos”, disse Mei Mei Hu, presidente da Covaxx.

Fonte: Exame